Parcelamento de dívidas: contribuinte já pode procurar o Poupatempo

A partir desta segunda-feira (19), o contribuinte jundiaiense já tem a opção de se dirigir ao Poupatempo, no Complexo Fepasa, para fazer a negociação dos débitos com a Prefeitura. O posto de atendimento da Secretaria de Finanças, que funciona no local há algum tempo, agregou mais esse serviço para facilitar a vida da população.

Mais
Jundiaí busca parcerias para centro de referência

No Poupatempo, mais um serviço para os contribuintes

A ampliação dos serviços no posto do Poupatempo não vai beneficiar apenas na questão da locomoção. Como aquele órgão de serviços funciona também aos sábados, das 9h às 13h, os contribuintes ganham um dia a mais para tratar de assuntos referentes a parcelamentos, além dos outros serviços já oferecidos – como emissão de guia para pagamentos à vista, consulta de débitos municipais, alteração cadastral para efeito de IPTU, emissão de certidão de valor venal, emissão de certidão negativa de tributos imobiliários e guia para pagamento do ITBI.

Até o dia 16 de setembro, o contribuinte terá a opção de fazer o parcelamento ou reparcelamento de dívidas nos dois locais, ou seja, também na Prefeitura. Após esta data, o serviço será feito exclusivamente no Poupatempo. O número de pessoas interessadas em efetuar o parcelamento das dívidas gira em torno de 150 a 170 por dia. Com o atendimento no Poupatempo, esses números devem dobrar.

De acordo com Celso Luiz Colletti, diretor da Secretaria Municipal de Finanças, o procedimento para negociar o parcelamento será o mesmo e vale para dívidas tributárias ou não, contraídas até 31 de dezembro de 2012.

“Lembrando que o parcelamento ou reparcelamento só são possíveis se o contribuinte estiver em dia com as contas de 2013”, explica Colletti. Além disso, atrasar três parcelas, consecutivas ou não, anulam o parcelamento. O diretor explica que o interessado pode, antes de comparecer a um dos guichês para parcelar sua dívida, pode tirar todas as dúvidas por meio do portal da Prefeitura.

Balanço
O secretário de Finanças, Paulo Galvão, comemora o sucesso do programa. Segundo ele, em apenas 4 meses já foram negociados cerca de R$ 12 milhões. “O PPJ está superando as expectativas. Mais da metade deste valor foi pago à vista”, diz o secretário.

Além da adesão ao programa, Paulo Galvão destaca que o programa também está refletindo positivamente na arrecadação deste ano. Como o contribuinte não pode fazer o parcelamento se não estiver em dia com as contas de 2013, a inadimplência registrada até agora é a menor dos últimos anos. “Estamos conseguindo provocar uma mudança de cultura”, afirma Galvão.

O posto de atendimento da Prefeitura no Poupatempo funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, e aos sábados, das 9h às 13h.

Leia mais sobre



 

www.jundiai.sp.gov.br