Circuito do Esporte leva 300 pessoas ao Antônio de Lima

A primeira etapa do Circuito do Esporte foi um sucesso. No sábado (18), cerca de 300 pessoas passaram pelo Centro Esportivo Antônio de Lima, na Agapeama, onde aconteceu uma clínica de tênis. A modalidade é a primeira do projeto Circuito do Esporte, que tem o objetivo de democratizar as atividades esportivas e descentralizar as diversas modalidades dentro dos CECEs (Complexos Educacionais, Culturais e Esportivos) da cidade.

Mais
Centro Esportivo Dal Santo ganha academia ao ar livre

Crianças lotam o C.E. Antônio de Lima para jogar tênis

Após a clínica de sábado, ocorrerá uma escolinha de tênis no C.E. Antônio de Lima toda terça-feira para a população. No próximo mês, uma nova modalidade – ainda a ser definida – será oferecida no local e o tênis partirá para um novo Centro Esportivo.

No sábado (18), foram montadas diversas estações da modalidade no local. A quadra do ginásio virou um grande espaço para a prática do tênis, as quadras externas deram lugar a várias mini quadras e o campo de futebol também deu lugar à raquete e bolinha.

“Eu nunca tinha jogado tênis na minha vida e adorei. Pretendo continuar, gostei muito destas aulas”, disse Luanda Reis de Souza, de 11 anos, moradora do local.

Pedro Gabriel Alves, 10 anos, só tinha visto tênis pela televisão. “Gosto de ver o Nadal e o Federer jogando e agora quero continuar praticando o tênis”, explicou.

Missão cumprida

O diretor de Esportes da Prefeitura de Jundiaí, João Guilherme Maffia, esteve no local e revelou que o evento atingiu a expectativa da Secretaria Adjunta de Esportes. “O evento foi muito legal e movimentou a região, o que era nosso objetivo”, explicou.

Petrus Esteves, coordenador da modalidade em Jundiaí, ficou satisfeito com a primeira iniciativa. “Mostramos que o tênis pode ser adaptado a diversos lugares. Assim como dois chinelos viram gol no futebol, dá para se adaptar uma raquete e uma rede. Queríamos passar esta mensagem.”

José Orvando de Abreu, o Zezinho, técnico que revelou Júlio Silva, participou do evento sábado e dará aulas de tênis no local. “É uma iniciação ao esporte passada de forma lúdica e a aceitação foi excelente. A criançada está super motivada. Fico contente com iniciativas como estas, porque é a chance de a gete buscar novos ‘Julinhos’ nos bairros”, explicou.

Erika Drozd Pereira deu aula e autógrafo no sábado

A tenista Erika Drozd Pereira, de 16 anos, número 2 no ranking nacional da Confederação Brasileira de Tênis, deu aula para as crianças, também. “Já vi algumas com bastante noção do esporte. Acho bacana esta troca de experiências. Espero que saiam mais atletas daqui”, disse.

A Esplanada Móveis é parceira da Secretaria Adjunta de Esportes no projeto, que teve apoio da Confederação Brasileira de Tênis, da Federação Paulista, da HEAD, loja Salles e de alunos da Unianchieta. No final, vários brindes foram sorteados para os participantes.

Por Fábio Manzini
Fotos: Paulo Grégio

Leia mais sobre ,



 

www.jundiai.sp.gov.br